fbpx
Yes CFTV -

Dicas De Como Ser Um Bom Síndico No Condomínio Na Pandemia

As dicas de como um síndico deve enfrentar a pandemia são muito úteis para que a organização no condomínio se mantenha segura.

A Covid-19 sem sombra de dúvidas mexeu com toda a estrutura do país e do mundo. Todas as pessoas tiveram que se readaptar ao fato de construírem novos hábitos para manterem sua saúde e proteção contra o vírus.

Inúmeras políticas acabaram sendo criadas em estabelecimentos de uso comum para que o vírus não se propagasse.

O mesmo aconteceu nos prédios e condomínios.

Sendo assim, confira como você pode manter a segurança dos condôminos em dia.

Dicas Para O Síndico Durante A Pandemia

Por conta dos moradores terem que passar mais tempo em suas casas, as reclamações entre os vizinhos acabam aumentando se comparadas com antes da pandemia.

E não só isso acaba sendo um problema a se resolver, como também o fato de você ter que ter uma atenção redobrada nas áreas em comum do prédio.

Sendo assim, buscando facilitar as coisas, trouxemos neste artigo algumas dicas para o síndico seguir durante a pandemia.

As primeiras recomendações são orientações para o convívio em geral.

1. Faça uma reunião

Uma das dicas mais importantes que o síndico deve seguir na pandemia é a realização de reuniões quando necessário para explicar a situação do condomínio.

Principalmente se os moradores não estão obedecendo às regras sanitárias como o uso de máscaras ao transitar pelas áreas em comum.

Portanto, é importante que você como síndico, informe a importância de seguir essas regras dentro do ambiente residencial para o bem comum.

Além disso, converse também sobre a tolerância de ter os vizinhos mais presentes em casa.

Para muitos, isso pode acabar sendo um incômodo que o síndico deve ter que resolver com mais frequência.

2. Informe sobre a tolerância de som alto

Por muitas pessoas estarem de home office ou com suas atividades suspensas, lhe sobram mais tempo para aproveitar atividades de lazer.

Informe aos moradores para que respeitem os horários e não abusem de alguns privilégios, como o de colocar som alto até tarde.

É bom que o síndico reforce a política do condomínio e as regras presentes para que isso não venha ser um problema.

3. Evite obras

A não ser que seja um caso de urgência, peça para que os moradores colaborem e não realizem obras durante o período de pandemia.

O motivo principal é para que não haja trânsito de pessoas e aglomeração em um único lugar, e o segundo motivo é para que essas obras não causem perturbações para outros vizinhos.

Principalmente se este vizinho está trabalhando em casa.

Então, uma das dicas para o síndico durante a pandemia é reforçar o respeito, senso e empatia de cada um.

4. Use dicas para o síndico instruir os moradores na pandemia

Uma coisa que deve ser evitada a todo custo é o contato com outras pessoas. No entanto, como síndico, é dever desta pessoa resolver os problemas de convívio.

Então, uma dica importante a ser passada é que o síndico instrua as pessoas a tentarem resolver os pequenos problemas por meio de mensagem ou notificação.

Caso o vizinho não queira colaborar, aí sim deve-se chamar o síndico.

É importante que as pessoas tenham noção que o trabalho do síndico é muito extenso e cansativo. Sendo assim, nem sempre os pequenos problemas devem ser passados por ele.

A notificação para o síndico deve ser feita somente quando for muito necessária.

5. Oriente os moradores a cumprirem as regras de saúde

A OMS determinou o uso de máscaras e higienização com álcool gel em todos os ambientes.

Portanto, instrua os moradores a somente transitarem de máscara e evitarem aglomerações a fim de preservarem a saúde deles mesmos e dos outros.

6. Redobre os cuidados com a limpeza

Sabe-se que o coronavírus é uma doença que se propaga pelo ar e no contato com outros objetos ou pessoas.

Sendo assim, é importante que o síndico adote um sistema de limpeza ainda mais rigoroso para o condomínio.

Portanto, é importante que a equipe de limpeza faça a higienização dos elevadores em intervalos não muito distantes para que sempre tudo possa estar desinfetado.

A recepção também deve dispor de álcool gel e os porteiros devem sempre trabalhar de máscara e respeitando o distanciamento.

7. Limite o acesso às áreas de lazer

Infelizmente uma coisa que a pandemia tirou da população é a reunião de grupos em áreas de lazer.

Apesar de tentador, os síndicos devem restringir ou limitar o acesso a essas áreas.

O ideal é que as pessoas não as frequentem para o bem de sua saúde. No entanto, há a  possibilidade de fazer com que os moradores tenham acesso com hora marcada, horário definido e número de pessoas preestabelecido.

Se os moradores optarem por frequentar essas áreas, informe que poderá haver um pequeno reajuste na taxa de condomínio para que se possa arcar com as equipes de higienização da área após uso.

8. Fique de olho na manutenção do condomínio

Das dicas que sempre devem ser observadas pelo síndico, principalmente durante a pandemia, é a manutenção do condomínio em geral.

Como encanamento, caixa d’água, fachada, entre outras coisas.

Por conta de um maior fluxo de pessoas em casa ao mesmo tempo, algumas emergências como vazamentos podem acabar acontecendo.

Sendo assim, acaba sendo papel do síndico fazer essa verificação para que os moradores não tenham maiores problemas durante esse período.

Não há muito segredo sobre o que o síndico deve fazer ou não durante esse período.

As únicas questões são em relação às regras da OMS de proteção e também de higienização adequada.

Quanto a isso, cabe ao síndico apenas informar o uso de máscaras e redobrar os cuidados com a limpeza dos ambientes.

Agora que você já sabe sobre as principais dicas que o síndico deve levar em conta na pandemia, é só botar em prática.

Nos conte se você tem alguma dificuldade em relação a algumas dessas dicas aqui nos comentários.

Não se esqueça de compartilhar este artigo com outras pessoas.

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: