fbpx
Yes CFTV -

Ameaças Entre Vizinhos. O Que Fazer?

O convívio em condomínio pode ser difícil se houver ameaças entre vizinhos. Essas acabam sendo situações muito delicadas que se devem evitar a todo custo.

Mas se elas acontecerem, o que é preciso fazer?

Essa é a dúvida de muitos moradores quando há um certo tipo de desentendimento seguido de ameaças.

A situação não é nada boa, e para evitar que algo aconteça, é preciso que se tomem medidas necessárias.

Nem sempre os conflitos acontecem de forma passiva. Mas nessas horas, é necessário muita calma para saber qual o próximo passo a se dar.

Veja abaixo como proceder.

Ameaças Entre Vizinhos, Como Lidar?

O conflito entre pessoas é algo próprio na vida em sociedade e que não pode ser evitado, pois sempre, uma hora, ele irá acontecer.

As vezes, ainda que as pessoas tentem resolvê-lo de forma pacífica, nem sempre os conflitos terminam de uma maneira boa.

As causas mais comuns de conflitos entre a vizinhança estão relacionadas a:

  • Perturbação por conta da ordem;
  • Ameaças;
  • Crimes contra honra;
  • Entre outros;

O conceito de vizinho não determina somente aquelas pessoas que estão ao seu lado, mas também todos aqueles que moram ao redor da sua casa e assim, podem causar prejuízos por conta de seus abusos.

As ameaças se caracterizam como promessas sérias que podem vir a ter um mau futuro bastante grave, e não permitido em lei.

Sendo assim, ele pode se materializar de forma escrita ou verbal, assim como em gestos e outras formas de símbolos.

No artigo de n° 147 do código penal, esse tipo de ação tem pena de detenção de um a seis meses, ou aplicação de uma multa.

Quando há a ameaça vinda da parte dos vizinhos para com a vítima, acaba sendo bastante necessário que quem sofreu esse tipo de abuso faça o boletim de ocorrência.

Desse modo, o crime pode ser encaminhado ao poder judiciário.

Todos os crimes de difamação, ameaças, etc, têm pena prevista em lei menor que dois anos.

Portanto, terão sido processadas e julgadas no Juizado Especial Criminal. Este, possui uma estrutura apropriada para esses tipos de procedimentos, determinados pela lei 9.099/95.

Como acontece a resolução?

Para que a resolução das ameaças entre vizinhos aconteçam, o juizado sempre prezará pela conciliação de ambas as partes. Ainda mais quando estas se tratam de pessoas próximas.

Se não houver uma solução pacífica entre as partes, o processo acaba seguindo até que o juiz possa decidir sua sentença.

Como Lidar Com Os Vizinhos?

Antes de tomar qualquer atitude, o mais importante ao se sentir que está sendo ameaçado, é o morador comunicar ao síndico o que está acontecendo.

Caso as ameaças sejam graves, é interessante a pessoa fazer essa notificação e já ir diretamente até a polícia para que ela possa lidar com isso de outra maneira.

A convivência com o ser humano é realmente algo difícil, por isso que, para evitar esse tipo de situação, é necessário que você fique ciente de alguns fatores como:

1. Saiba quem está por perto

Você sabe sobre a vida do seu vizinho? Se ele é solteiro, se tem filhos? Isso é importante de saber para que você possa ter uma avaliação prévia da índole das pessoas.

Conhecer o seu vizinho é fundamental para evitar certos tipos de desentendimentos. Portanto, seja polido e tente manter uma relação saudável com aqueles que moram perto de você.

2. Tenha educação para evitar ameaças entre vizinhos

Grande parte dos desentendimentos acontece quando o outro não sabe ouvir o que o vizinho tem para falar.

Sendo assim, às vezes, por motivos bobos, algumas discussões acabam acontecendo por conta da grosseria desnecessária.

Por mais irritado que você esteja com alguma situação, se torna interessante que você mantenha a calma até mesmo para não perder a razão.

É muito importante que a resolução dos problemas aconteça de maneira amena e educada, pois quando uma postura amigável acontece, ela acaba facilitando o rumo da conversa.

3. Evite conversas com vizinhos fofoqueiros

Muitos problemas acabam surgindo por conta de comentário alheio. Isso pode gerar uma confusão enorme e pode fazer com que ameaças entre vizinhos aconteçam.

Sendo assim, evite esse tipo de situação preservando seus comentários e mantendo distância entre as pessoas já marcadas como fofoqueiras.

4. Se coloque no lugar do outro e evite ameaças entre vizinhos

Um dos fatores mais importantes não só na convivência em condomínio, mas na vida como um todo, é sobre saber se colocar no lugar do próximo.

Isso evita maiores dores de cabeça e estimula uma convivência mais tranquila.

Portanto, avise quando você for fazer alguma reforma, ou quando for dar uma festa, etc. 

No entanto, sempre haja com bom senso e tenha empatia. É possível, através disso, que você melhore sua relação com a vizinhança e garanta um ambiente sossegado, de paz e harmonia.

Em todo caso, tente apenas resolver tudo de modo cordial para que se evite o estresse e o problema tome grandes proporções até que chegue à justiça.

Mas caso tenha a necessidade de levar esse tipo de situação as autoridades, faça. Principalmente se você considera seu vizinho como uma pessoa perigosa.

Saiba que o processo penal, ainda que seja no caso de crimes menores, acaba sendo bastante desgastante emocionalmente para a vítima.

E por conta disso, a vítima pode não ficar tão satisfeita com sua demanda, caso o juiz considere uma pena baixa ou então o autor aceite a transação penal para que o processo se encerre sem julgamentos e com mais penas restritivas de direito.

A ameaça entre vizinhos é coisa grave e deve ser levada muito a sério, pois caso essas ameaças se concretizem, pode haver uma dor de cabeça muito maior e acabar envolvendo outras partes também.

Portanto, tente sempre resolver as coisas no diálogo e mantenha a calma quanto aos problemas comuns.

A boa convivência é fundamental no ambiente residencial.

Recorra às autoridades somente quando as ameaças colocarem sua vida ou de seus familiares em risco.

Gostou deste artigo? Então deixe sua opinião aqui e nos conte se já passou por algo parecido.

Compartilhe este artigo com outras pessoas.

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: