Yes CFTV -

Tecnologia ajuda a inibir roubos e furtos residenciais nos períodos de feriados prolongados

A necessidade de segurança domiciliar é um tema cada vez mais discutido e ganha reforço principalmente durante as férias e feriados prolongados, quando as famílias, ou a maioria de seus integrantes, estão viajando. Nesses casos, as residências ficam desocupadas por longos períodos e surge uma preocupação relacionada à proteção do imóvel e dos bens materiais.


Essa preocupação se agrava quando se tem conhecimento que roubos e furtos residenciais aumentam.

O especialista em segurança patrimonial e diretor comercial da Yes CFTV, Rodrigo Mussi, explica que atualmente já não existe um perfil de residências mais propensas a ações criminosas. Segundo ele, se, até há alguns anos, as casas mais vistosas ou ladeadas por terrenos baldios eram as preferidas por ladrões, hoje em dia o que potencializa as chances de ataques é a facilidade de acesso às residências.

“O fundamental é minimizar as chances de se tornar vítima. Para isso, deve-se adotar medidas que inibam a ação de pessoas mal intencionadas”, diz Mussi. Entre essas medidas, ele destaca o uso de alarmes, cercas elétricas e concertinas. “Ao mesmo tempo, aconselha-se a instalação de câmeras de vigilância para que um circuito interno de televisão (CFTV) reforce o aparato de segurança domiciliar”, completa.

O especialista esclarece que o CFTV tem uma grande vantagem em relação aos outros dispositivos: além de coibir, ele também registra o fato ocorrido e, eventualmente, seus autores. “A simples presença do equipamento de gravação deixa claro que a residência está sendo monitorada e, por isso, o número de infrações é reduzido. A preferência dos ladrões é, sem dúvidas, por lugares sem vigilância”, afirma Mussi, completando que, se ainda assim o criminoso invadir a casa, as imagens podem ajudar o proprietário a tomar as devidas medidas legais.

Nos casos em que a família viaja sempre em feriados, de acordo com Mussi, o CFTV se torna mais adequado porque permite o monitoramento em tempo real e à distância de tudo que acontece na residência. Isso é um diferencial, já que o proprietário pode acessar as imagens do celular, iPad ou notebook e, de onde estiver, acionar a polícia.

 

Outros cuidados

“Os dispositivos de segurança têm como principal função evitar que o crime aconteça e investir nesse tipo de cuidado é uma forma a mais de zelar pela proteção familiar e patrimonial”, diz Rodrigo Mussi. Para isso, é preciso que cada residência seja avaliada por profissionais que identifiquem a posição, quantidades e modelos de câmeras necessários. Geralmente, os acessos (como entrada e porta dos fundos), garagens e hall são locais onde os equipamentos podem ser instalados.

Mas as pessoas também podem tomar alguns cuidados para diminuir as chances de ter algum prejuízo em suas residências. O especialista em segurança patrimonial dá algumas dicas para garantir a segurança residencial no período das férias e feriados:

 

  • Não deixar pertences e objetos valor à vista para não chamar atenção;
  • Entregar chaves reservas apenas para pessoas de confiança;
  • Suspender a entrega de jornais e revistas e pedir para alguém de confiança recolher a correspondência;
  • Não comentar com estranhos sobre a viagem ou período de ausência

Nas viagens mais longas, é aconselhável pedir que parentes ou vizinhos de confiança fiquem atentos a qualquer movimentação.

%d blogueiros gostam disto: