Yes CFTV -

Porteiro de condomínio: como identificar o perfil mais adequado?

Na hora de contratar um funcionário, é fundamental ter em mente uma ideia bem clara do perfil necessário para a vaga em aberto — isso é muito importante para todo e qualquer cargo. Esse perfil irá facilitar todo o processo de recrutamento e seleção do novo trabalhador.

Você sabe como identificar o perfil mais adequado de um porteiro de condomínio, explorando os conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para exercer essa atividade? O post de hoje irá lhe ajudar nessa tarefa!

Por onde começar?

Não é uma tarefa tão simples identificar o perfil mais adequado para um futuro empregado, visto que isso sempre demanda tempo e esforço do selecionador. Para que essa definição possa ser bem-sucedida, não basta sorte e bons palpites, é necessária uma análise clara e consistente do cargo e do mercado de trabalho. Portanto, deve-se começar analisando a vaga e o mercado.

No cargo, avalie os benefícios que esse cargo pode oferecer ao candidato — como plano de saúde, assistência odontológica, vale-transporte, seguro de vida, distribuição de café ou lanche, possibilidade de crescimento, enfim, tudo o que você considerar relevante para o candidato à portaria. Isso irá te ajudar até mesmo a “vender seu peixe” mais tarde.

No mercado de trabalho, vale a lei da oferta e da procura. Se houver uma oferta muito grande do profissional que você busca (o que provavelmente acontecerá no caso da portaria, que não exige muita formação técnica), então, você poderá ser mais exigente na hora de definir o perfil adequado. Caso contrário, seja mais flexível.

Como definir o perfil mais adequado?

Para se definir o perfil ideal para um porteiro de condomínio, você deve identificar o C.H.A. (lê-se: chá) exigido para o cargo. O C.H.A. é a sigla usada na gestão de pessoas para abreviar o conjunto dos Conhecimentos, Habilidades e Atitudes de um candidato.

Vamos entender melhor:

  • Conhecimentos: é o saber teórico que nosso candidato possui, tais como nível superior completo, pós-graduação, outros idiomas, curso de eletricista, curso de atendimento ao cliente, entre outros;
  • Habilidades: também é o saber, mas na prática. Por exemplo, experiência profissional, capacidade de liderar, motivar e alcançar resultados, identificar implicações, etc;
  • Atitudes: está ligado ao querer fazer. Honestidade, comprometimento, resiliência, flexibilidade, e cordialidade são alguns exemplos.

C.H.A. para um porteiro de condomínio:

  • Conhecimentos: nível médio completo;
  • Habilidades: experiência profissional na área e boa comunicação;
  • Atitudes: honestidade, descrição, cordialidade e comprometimento.

Lembre-se de que, para esse tipo de cargo, o conhecimento teórico não é mais importante (como seria para um professor universitário), mas, sim, as habilidades e atitudes que esse profissional possui.

É só isso?

Para ficar ainda mais fácil na hora de escolher, questões como idade, sexo e localização podem ser anexadas ao processo de recrutamento e seleção. Isso ajudará na hora de separar os candidatos que realmente possuem potencial para o cargo. Com todas essas informações, você poderá definir com mais facilidade o perfil necessário para qualquer vaga em aberto na sua empresa — em especial para portaria.

E então, pronto para começar a definir o perfil do porteiro de seu condomínio? Restam outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e conte para a gente!

Equipe Yes CFTV

%d blogueiros gostam disto: