Yes CFTV -

Monitoramento residencial remoto é possível? Descubra aqui!

monitoramento-residencial-remoto

O monitoramento residencial remoto é uma solução de segurança econômica que protege o seu negócio, propriedade comercial ou casa de danos criminais e ambientais.

Seu CFTV — Circuito Fechado de Televisão — pode inclusive ter um sistema de alarme que será conectado a uma estação de monitoramento remoto através da Internet. Essa ligação estará ao vivo 24 horas por dia, 7 dias por semana, mantendo você por dentro de tudo o que acontece em sua propriedade. No post de hoje, trataremos um pouco mais desse assunto. Confira!

Qual os benefícios de manter um monitoramento residencial?

Caso haja um intruso, um incêndio ou outra atividade incomum, o sistema de segurança é disparado e um alarme é enviado para a estação de monitoramento remoto.

Quando o alarme é detectado, é possível que, por meio das imagens de suas câmeras de CFTV, você analise o que está acontecendo e entre em contato com as autoridades competentes.

Na maioria dos casos, o simples fato do aviso sonoro já é suficiente para dissuadir intrusos do local. No entanto, se o ambiente permanecer em risco, você pode entrar em contato com a emergência.

Como é a feita a instalação das câmeras?

A instalação das câmeras de monitoramento residencial é relativamente simples. Tudo o que você precisará é de um computador com acesso à Internet, sendo em conexão via cabo ou wireless, bastando apenas que sua câmera IP seja conectada à placa de rede ou roteador.

A partir daí, ela ganhará um endereço exclusivo de IP, que será sua identificação, assim como a de um computador na rede. Esse endereço IP será um número que poderá identificar o dispositivo conectado à Internet.

Como acessar remotamente as câmeras de vídeo?

Com as câmeras instaladas e configuradas, fica fácil acessar suas imagens de qualquer local que você esteja. Assim como falamos, cada câmera gera um número IP que é seu endereço eletrônico. Com base nesse endereço, você só precisa digitar ele em seu navegador de internet e as imagens poderão ser controladas, assim como qualquer outro site.

Além disso, existem sistemas de gravação dessas imagens. Existem dois tipos de DVRs (Digital Video Recorders). Eles são dispositivos únicos ou discos rígidos que estarão conectados ao sistema do computador. DVRs trabalham de forma semelhante aos antigos videocassetes, mas as imagens que captam vão partir da câmera de CFTV e, por isso, são digitais.

Quantas horas de imagens eu posso armazenar em meu sistema de gravação?

A quantidade das imagens digitais armazenadas num DVR ou na nuvem é determinada por alguns fatores, incluindo os frames por segundo gravado, a quantidade de câmeras ligada a um mesmo dispositivo de DVR, a resolução que o DVR salva as imagens e a compressão de vídeo utilizado (por exemplo, MPEG4).

Para um conjunto, onde 4 câmeras estiverem gravando em 30fps a uma resolução de imagem de 320×240, se cada câmera gravar apenas quando o movimento for ligado e usando compressão MPEG4, os usuários deverão ser capazes armazenar cerca de 20 a 25GB de disco rígido em cerca de 80 horas.

Ainda tem dúvidas de qual sistema é o melhor para usar no monitoramento residencial? Deixe essa escolha para quem mais conhece do assunto. Contrate uma empresa de segurança e garanta a tranquilidade de seu negócio e sua família!

Gostou do nosso post? Quer ficar sempre por dentro de todas as novidades sobre equipamento eletrônico de segurança? Então nos siga no Facebook, Twitter e Instagram!

Equipe Yes CFTV

%d blogueiros gostam disto: