Yes CFTV -

Conheça as tecnologias utilizadas para acessar suas câmeras de segurança

O acesso remoto é um serviço indispensável para quem contrata o serviço de CFTV. É muito frequente surgir algumas dúvidas sobre a visualização de câmeras através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, por exemplo.

Quando um computador se comunica com outro na internet, seja para acessar uma página web ou enviar um e-mail, ele precisa saber o endereço do computador com o qual irá se comunicar.

Quando contratado um serviço de internet, a maioria dos provedores disponibilizam um IP Real, também conhecido como IP Externo, para cada usuário. Esse endereço de IP, é uma sequência de 4 números decimais separados por ponto da seguinte forma: 200.157.35.91.

O serviço DNS (Domain Name System) é usado para a conversão de endereços IP a partir de nomes de domínio para o formato numérico.

O conjunto de números é feito por este servidor, à qual o computador envia um pedido para a tradução do endereço e depois de receber a resposta com o endereço numérico, o computador se conecta ao servidor.

Entenda um pouco sobre as tecnologias que poderão gerenciar as câmeras de vigilância do seu condomínio.

Via P2P/ Nuvem

O serviço P2P (ponto-a-ponto) ou nuvem (Cloud) é a forma mais simples de conseguir acesso às imagens da câmera de segurança via internet. Com ele, o usuário não precisa de configurações complexas de portas e roteadores.

O sistema em nuvem ainda é regularmente utilizado através de aplicativos fornecidos pelos próprios fabricantes de CFTV. Entretanto, é um sistema mais limitado quanto à velocidade da transmissão de dados.

Via DDNS

O DDNS é um complemento para o sistema DNS. Ele cria um nome de endereço fixo, que passa a representar o endereço IP do usuário. Mesmo que o endereço IP mude, o endereço DDNS vai continuar o mesmo.

O serviço de acesso às imagens das câmeras via DDNS (Dynamic Domain Name System) permite que o usuário associe um gravador de vídeo e/ou câmeras IP com endereço IP dinâmico/fixo a um domínio (nomedodominio.ddns.com.br). 

É um serviço com taxa anual de custo e que exige maior complexidade de configuração, porém, apresenta muito mais segurança de acesso às imagens do circuito fechado de TV, além de conferir velocidade de transferência de dados superior e maior capacidade de acesso simultâneo de câmeras, comparado ao serviço P2P/ nuvem.

Você sabia? Sistema de CFTV em nuvem é tendência tecnológica

O formato em nuvem vem ganhando destaque à medida que o mundo se adapta a era sem fio, na qual permanecemos online 24 horas.

Aparelhos como Smarthphones, Tablets e Notebooks proporcionam maior eficiência e praticidade ao nosso dia a dia e são fatores colaboradores para que o CFTV em Nuvem se torne tendência, pois a ferramenta de acesso e administração da tecnologia é um simples navegador de internet, que pode ser utilizado em qualquer lugar do mundo.

O Circuito Fechado de Televisão em Nuvem consiste no armazenamento das imagens geradas por suas câmeras de segurança em servidores remotos que são robustos e altamente estruturados para disponibilizar imagens ao vivo e gravadas de seu CFTV.

Essa nova plataforma permite gravações em nuvem de gravadores e (ou) câmeras IP, surgindo para trazer segurança máxima aos clientes com um acesso simples e rápido. Outra grande novidade é que o cliente não precisa se preocupar com o custo de infraestrutura.

Gostaram? Deseja saber agora dicas sobre o acesso remoto? Saiba 5 dicas para ter um acesso remoto seguro do seu condomínio.

 Equipe Yes CFTV

 

%d blogueiros gostam disto: